Gastronomia - Pêra Rocha do Oeste - DOP | Cadaval Cativa

Saltar para conteúdo

Pera Rocha do Oeste - DOP

A produção de “Pera Rocha” é a imagem de marca do Concelho do Cadaval.

Com uma cor, textura e sabor apetecíveis e ainda uma excelente capacidade de conservação, a Pera Rocha do Oeste é uma fruta excelente para ser consumida como sobremesa ou entre as refeições. Entre os oito principais concelhos produtores, o Cadaval apelidado de capital!

A Pera Rocha do Oeste DOP (Denominação de Origem Protegida) é reconhecida como um produto tradicional, de qualidade, que faz parte integrante do Património Cultural Português.

Há cerca de 170 anos, foi identificada no concelho de Sintra, na propriedade do Senhor Pedro António Rocha, uma pereira diferente, com frutos de qualidade invulgar, cuja denominação é actualmente a “Pera Rocha do Oeste”, variedade Portuguesa concentrada na região Oeste, na orla marítima desde Sintra até Leiria. 
A área de produção da pera Rocha do Oeste abrange os seguintes concelhos:


  • Sintra, de onde é originária, estimando-se que actualmente existam apenas 120 ha de pereiras, dispersos por pequenas explorações de carácter familiar;

  • Os oito principais concelhos produtores: Cadaval, Bombarral, Torres Vedras, Caldas da Rainha, Alcobaça, Lourinhã, Óbidos e Mafra;
  • É nos concelhos do Oeste que se concentra a produção de pera Rocha, destacando-se o Cadaval com uma área de cultivo de 2.073 hectares e um expressivo crescimento na última década, tendo ultrapassado o concelho do Bombarral cuja área plantada de 1.934 hectares aumentou apenas 2% na última década